Se eu puder te ajudar a começar, aqui vão minhas dicas...

Essa semana, eu troquei email com uma moça que quer começar sua carreira como desenvolvedora, mas estava insegura e frustrada. As entrevistas eram difíceis e, muitas vezes, impessoais. Escrevi um email de ajuda e apoio para ela e achei que seria válido deixar as minhas “dicas” e recomendações anotadas em algum lugar.

O que eu penso é que começar é super difícil. Minhas primeiras entrevistas foram péssimas, eu perdi dias tentando fazer um desafio que eu não consegui no fim. Olhando para trás hoje penso que se dependesse de entrevista, jamais teria conseguido meu primeiro emprego. Eu contei muito com a ajuda de amigos, com indicações e uma rede de apoio fantástica.

Sobre detalhes as minhas experiências (frustrantes ou não) eu tenho alguns blog posts específicos:

No caso, se você tiver começando mesmo (do zero) e não tiver base nenhuma de Python recomendo fortemente o curso Python para Zumbis, do professor Massanori

Se você tiver uma base em Python e quer construir algo um pouco mais robusto (e com grande aplicação prática) recomendo fazer o tutorial do Django Girls. Ele te ensina a criar um blog do zero, usando Django e colocando esse blog no ar. Django é hoje uma das maiores ferramentas Python para web, sendo inclusive usado e financiado pelo Instagram.

Inclusive, o Django Girls tem acontecido em diversas cidades pelo país. Em 2017, o Brasil foi o segundo país que mais organizou o evento! Se tiver um perto da sua cidade, se inscreva! Prometo que você não vai se arrepender. O site mundial tem as datas de todos os eventos que acontecem no mundo:

Se seu interesse é Ciência de Dados e não desenvolvimento Web, você precisa conhecer o DataScience Pizza. É um repositório no Github que visa juntar links e ser uma grande enciclopédia de material em Ciência de Dados. Lá você tem todas as dicas e recomendações específicas para a área.

Enquanto você for fazendo seus tutoriais, seu código, ou qualquer coisa que venha na sua cabeça, recomendo fortemente que você coloque seus códigos no Github. O Github é uma plataforma de códigos, e praticamente um currículo para programadores. Por mais simples que possam parecer, seus códigos mostram os seus estudos, seu desenvolvimento e seu interesse.

Se você olhar meu github das antigas vai encontrar um milhão de repositórios de tutoriais e códigos que parecem “simples” mas me ensinaram muito:

Se você está no Github, aproveite e aprenda git. Git é uma forma de versionar código e trabalhar entre muitos desenvolvedores. Se você quer programar nos dias de hoje, você precisa aprender git.

Falando ainda sobre Github e compania, recomendo você ajudar projetos Open-Source (de código aberto) como forma de estimular o aprendizado. Tem um post muito legal da Jessica falando sobre projetos brasileiros para contribuir e eu fiz um post sobre como contribuir para um projeto sem necessariamente escrever código.

Além de distribuir o código que você está fazendo, é muito legal compartilhar seus conhecimentos em posts. Pequenos artigos descrevendo o que você aprendeu, desafios vencidos e contando a sua história são ótimas formas de aprender (e MUITO). Minha dica é: faça seu próprio site, faça pequenos blog posts mostrando seus aprendizados. Aqui eu vou deixar um link para um post da Jessica mostrando como fazer seu próprio site usando Jekyll. Também deixo um excelente post do Luciano Ramalho sobre o porquê ter seu próprio site:

Bom, saindo um pouco da parte técnica e passando para parte mais pessoal, vamos falar sobre sua rede de contatos. Como eu comentei, meus amigos e minha rede foram fundamentais para o meu desenvolvimento. Graças a uma comunidade ativa e maravilhosa, temos hoje inúmeros eventos locais e regionais pelo país além de um encontro anual que vale o investimento!

Invista seu tempo e dinheiro para participar de encontros, sejam eles locais, regionais ou nacionais. Ajude a comunidade, palestre sobre o que você aprendeu e ajude quem está começando. Acredite, essas pessoas valem todo o esforço <3

Alguns dos eventos que você pode participar são estes listados abaixo, mas muitos outros estão espalhados pelo Brasil!


Eu sei que é um monte de coisas, mas não se preocupe, as coisas vão sendo assimiladas aos poucos.

Vai com calma, viu? Não se afobe para aprender tudo, não fique com medo de ir em um evento que você sabe pouco porque sempre se aprende algo. No que precisar conte com essa comunidade linda que está aqui para ajudar. Eu espero poder te ajudar como muitos outros já me ajudaram pra seguir esse caminho.

Por fim, deixo alguns vídeos motivacionais que acho que podem te ajudar a respirar e refletir sobre esse momento:

Um abraço forte e seja muito bem-vinda(o)

Comments